Alikimista

Name:
Location: Portugal

Sunday, July 30, 2006

Espírito


Nada a fazer amor, eu sou do bando
impermanente das aves friorentas;
e nos galhos dos anos desbotando
já as folhas me ofuscam macilentas;

e vou com as andorinhas. Até quando?
À vida breve não perguntes: cruentas
rugas me humilham. Não mais em estilo brando
ave estroina serei em mãos sedentas.

pensa-me eterna que o eterno gera
quem na amada o conjura. Além, mais alto,
em ileso beiral, ai espera:

andorinha indemne ao sobressalto
do tempo, núncia de perene primavera.
confia. eu sou romântica. Não falto.

Natália Correia


Recebido, por mail, duma amiga muito especial...

Monday, July 24, 2006

Dancemos



"Num clarão espantado de audácia feliz, fiz uma descoberta que me fascinou e que gostava de partilhar convosco. Não se vira as costas a um bolero. Dancemos!"

http://www.edu-negev.gov.il/tapuz/motytp/atar/scripta/games/boleroclip.htm

Um beijo xl

Saturday, July 15, 2006

Espero-te...



"Procuro o mar, uma ondulação de falésias no litoral da memória, o voo das gaivotas por entre rochedos que desaparecem sob os dedos da névoa. E ouço um uivo de faróis chamando por mim. [...]"
"Não sei que mar é este, nem que navios encalham nassuas praias. Sento-me na sua margem.
Espero-te..."

Nuno Júdice, In Cartografia de emoções

Wednesday, July 12, 2006

Não devia...


"...não devia ter-te deixado entrar assim na minha vida, não devia.Mas nãopude. Entraste em mim por assalto e foi doce resistir. Perdi-me em ti pordescuido. Agora não me encontro sem ti."


Este Pedro Paixão escreve cada coisa...

Tuesday, July 04, 2006

Outra vez...